Capacidade real de um Power bank

Você sabe quantas vezes pode recarregar seu celular com um power bank de 10000mAh ou 20000mAh?

Um erro muito comum entre aqueles de nós que querem saber o número de recargas que podemos obter em nossos dispositivos com um power bank é dividir as capacidades de ambos os dispositivos, ou seja:

Número de Recargas = Capacidade do Power Bank (mAh) / Capacidade do Smartphone (mAh)

Por exemplo, se você tem um smartphone com capacidade de bateria de 2500mAh e deseja comprar um power bank de 10000mAh, quantas recargas você poderia obter?

Se aplicarmos a fórmula acima, obtemos 4 recargas completas:

Número de Recargas = 10000mAh / 2500mAh = 4 recargas

ISSO É UM GRANDE ERRO!!

Sentimos dizer que esse cálculo estaria incorreto porque os 10000mAh do power bank referem-se à capacidade de sua bateria interna.

Um resultado mais próximo da realidade seria usar a capacidade real disponível na saída USB do power bank:

Número de Recargas = Capacidade Real do Power Bank / Capacidade do Smartphone

Se assumirmos que a capacidade real é de 6000mAh, teríamos energia suficiente para 2 recargas completas de nosso smartphone:

Número de Recargas = 6000mAh / 2400mAh = 2,5 recargas

Embora essa segunda fórmula ainda seja tecnicamente incorreta (as capacidades dividem-se em diferentes tensões), queríamos fazer você ver de maneira simples que o número de recargas é muito menor do que o esperado, apesar do fato de o power bank ser anunciado com uma capacidade de 10000mAh.

E este é o principal problema que muitos usuários da Amazon encontram ao comprar um power bank:

customer reviews amazon power bankNo artigo a seguir, explicaremos em detalhes como calcular a capacidade real e o número de recargas de um power bank em qualquer dispositivo e para diferentes tensões de carregamento.

Embora o conteúdo deste artigo possa ser um pouco técnico e cansativo de ler, procuramos torná-lo o mais fácil de entender possível para qualquer pessoa sem experiência anterior.

Depois de ler este artigo, você se tornará um especialista em power bank!

Componentes de um Power Bank

Antes de mais nada, você deve se familiarizar com os 2 elementos básicos que compõem um Power bank:

  1. Uma bateria recarregável com capacidade (mAh) e voltagem nominal (V) específicas.
  2. Um circuito eletrônico que controla o processo de carga e descarga da bateria recarregável, bem como realiza outras funções importantes, como proteção contra sobretensão, descarga excessiva, controle de temperatura, entre outros.

Como veremos a seguir, a capacidade de saída real de um power bank dependerá da qualidade desses componentes.

Capacidade da bateria e classificação de voltagem

A bateria de um power bank é composta por células de íon de lítio (Li-Ion) ou polímero de lítio (LiPo).

Geralmente, são usadas células com uma voltagem nominal de 3,7 volts (V) e uma capacidade que varia de 1500 a 5000 miliampere-horas (mAh). No entanto, também existem células com outras voltagens disponíveis no mercado, como 3,6V, 3,8V ou 3,85V.

Célula de Bateria de Íon de Lítio 2400mAh 3.7V
Célula de Bateria de Íon de Lítio 2400mAh 3.7V

Além disso, a bateria pode ser composta por uma única célula ou várias células conectadas entre si:

Uma única célula

Se a bateria do power bank for composta por uma única célula, sua capacidade e voltagem nominal serão as mesmas da própria célula.

Múltiplas células

Se a bateria do power bank for composta por múltiplas células, sua capacidade e classificação de voltagem dependerão da capacidade individual e da voltagem de cada uma das células, bem como da configuração utilizada (circuito em série ou paralelo) para conectá-las.

Em geral, uma bateria de power bank usa células com a mesma capacidade e voltagem nominal conectadas em paralelo.

Com uma conexão em paralelo, a voltagem da bateria do power bank é a mesma da voltagem das células, e sua capacidade é a soma da capacidade individual de cada uma das células conectadas.

Na imagem anterior, vemos um exemplo com 4 células de íon de lítio (Li-Ion) de 3,6V e 3400mAh conectadas em paralelo, resultando em uma bateria com capacidade de 13600mAh e voltagem de 3,6V.

Portanto, se quisermos fazer um power bank usando células de 3400mAh e 3,6V conectadas em paralelo, a bateria terá uma voltagem de 3,6V e sua capacidade dependerá do número de células usadas:

  • 1 célula: 3400mAh/3,6V
  • 2 células: 6800mAh/3,6V (2 x 3400mAh)
  • 3 células: 10200mAh/3,6V (3 x 3400mAh)
  • 6 células: 20400mAh/3,6V (6 x 3400mAh)
  • 8 células: 27200mAh/3,6V (8 x 3400mAh)

Portanto, a partir de agora, sempre que você vir a capacidade de um power bank anunciada, lembre-se de que ela se refere à capacidade de sua bateria interna!

Tensão da Porta de Saída USB

Já vimos que um power bank é composto por uma bateria interna com uma capacidade (mAh) e voltagem nominal (V), geralmente de 3.7 volts (V).

No entanto, ao carregar um dispositivo com um power bank, é importante saber que a porta de saída USB de qualquer power bank funciona com uma voltagem padrão de 5V.

Essa voltagem pode ser ainda maior (9V, 12V ou 20V) se tanto o dispositivo conectado quanto o power bank suportarem protocolos de carregamento rápido, como Quick Charge (QC) ou Power Delivery (PD).

Essa diferença entre a voltagem da bateria e a voltagem da porta de saída do power bank é o motivo pelo qual a capacidade de um power bank em sua porta de saída USB é diferente da capacidade indicada em sua bateria interna.

Por exemplo, um power bank de 10000mAh teria uma capacidade de 7400mAh em sua porta de saída USB com uma voltagem de carregamento de 5V.

Resumindo

Nesta seção, aprendemos que:

  • Um power bank é composto por uma bateria interna (formada por uma ou mais células Li-Ion ou LiPo) e um circuito eletrônico.
  • A capacidade anunciada em um power bank indica a capacidade de sua bateria interna e é diferente da capacidade disponível na porta de saída.

Como calcular a capacidade real de saída de um Power bank?

Agora que estamos familiarizados com os principais componentes de um power bank, vamos aprender um método passo a passo para calcular a capacidade real de saída de um power bank para qualquer voltagem de carregamento (ou voltagem da porta de saída).

Além disso, para entender melhor os conceitos teóricos, cada seção terá um exemplo prático usando os dados reais de um power bank com capacidade de 10000 mAh, o modelo Ugreen (modelo PB178):

Os dados específicos que nos interessam conhecer sobre este modelo são a capacidade (mAh) do dispositivo e a voltagem (V) de sua bateria:

  • Capacidade da Bateria: 10000mAh 3.85V

Posteriormente, explicaremos também o que significa o dado de Capacidade Nominal, que alguns fabricantes estão começando a incluir nas especificações de seus power banks.

Energia Armazenada

Como já sabemos, um power bank é um dispositivo eletrônico que armazena energia em uma bateria interna para posteriormente transferi-la para a bateria de outros dispositivos, ou até mesmo alimentá-los.

Essa energia é medida em watt-horas (Wh) e é calculada multiplicando a capacidade (mAh) pela voltagem nominal (V) de sua bateria interna:

Energia Armazenada (Wh) = [Capacidade da Bateria (mAh) x Voltagem Nominal da Bateria (V)] / 1000

Exemplo 1: Como calcular a energia armazenada em um power bank

O power bank na imagem tinha uma capacidade de bateria de 10000 mAh e uma voltagem nominal de 3,85 V. Para descobrir quanto de energia ele armazena, aplicamos a fórmula acima:

Energia Armazenada no Power Bank = 10000 mAh x 3,85V = 38500 mWh / 1000 = 38,5 Wh

Vemos que nosso power bank armazena 38,5 watt-horas (Wh) de energia que podemos usar para recarregar a bateria ou alimentar outros dispositivos.

Conversão de Voltagem

Durante o processo de carregamento de um dispositivo, o circuito eletrônico de um power bank eleva a voltagem nominal da bateria (por exemplo, 3.7V) para a voltagem da porta de saída USB (voltagem padrão de 5V).

Se assumirmos que a conversão de voltagem (de 3.7V para 5V) fosse um processo ideal, ou seja, sem perdas de energia, toda a energia armazenada na bateria do power bank seria transferida completamente para a porta de saída USB.

Portanto, podemos definir a seguinte equivalência:

Energia Armazenada no Power Bank = Energia de Saída do Power Bank

Vamos destrinchar essa equação em termos de capacidade e voltagem:

Capacidade da Bateria (mAh) x Voltagem Nominal da Bateria (V) = Capacidade de Saída (mAh) x Voltagem de Carregamento (V)

A partir da equação acima, conhecemos todas as variáveis, exceto a capacidade na porta de saída USB.

Se resolvermos essa variável, obtemos uma primeira aproximação para conhecer a capacidade real na porta de saída de um power bank de acordo com a voltagem na qual o dispositivo está sendo carregado (sendo 5V a voltagem padrão):

Capacidade de Saída (mAh) = [Capacidade da Bateria (mAh) x Voltagem Nominal da Bateria (V)] / Voltagem de Carregamento (V)

Exemplo 2: Cálculo da Capacidade Real (ideal)

Se aplicarmos essa fórmula com os dados de nosso power bank (10000 mAh e 3,85 V), obteremos uma capacidade de 7700 mAh na porta de saída a uma voltagem de carregamento de 5V:

Capacidade de Saída = (10000 mAh x 3,85 V) / 5 V = 7700 mAh

Além disso, podemos ver que, embora as capacidades sejam diferentes (10000mAh e 7700mAh), a energia é conservada na entrada (bateria) e saída (porta USB) do power bank, pois consideramos que o processo de conversão de voltagem durante o carregamento de um dispositivo é ideal (sem perda de energia):

10000 mAh x 3,85 V = 38500 mWh = 7700 mAh x 5 V

Eficiência Energética

Até agora, calculamos a capacidade real de um power bank em sua porta de saída considerando que ele é capaz de fornecer 100% da energia armazenada em sua bateria.

No entanto, lamentamos informar que a fórmula definida na seção anterior nunca será alcançada na vida real:

Energia Armazenada no Power Bank Energia de Saída do Power Bank ERRADO!

A energia na porta de saída de um power bank SEMPRE será menor do que sua energia armazenada e a quantidade fornecida dependerá da qualidade de seus dois componentes:

A Bateria

Se a bateria utilizada for de baixa qualidade, ela perderá uma fração de sua capacidade após alguns ciclos de carga/descarga do power bank.

Consequentemente, o power bank terá menos energia disponível para fornecer aos seus dispositivos.

O Circuito Eletrônico

Durante a etapa de conversão de voltagem realizada pelo circuito eletrônico do power bank, parte da energia armazenada em sua bateria será perdida na forma de calor (isso é conhecido como Efeito Joule).

Por esse motivo, quanto menos eficiente for o circuito eletrônico, mais energia será perdida e, portanto, o power bank terá menos energia disponível para fornecer aos seus dispositivos.

Podemos definir a eficiência energética de descarga de um power bank como a relação entre a energia fornecida em sua porta de saída USB e a energia armazenada em sua bateria:

Eficiência Energética do Power Bank (%) = 100 x (Energia de Saída / Energia Armazenada)

Deve ficar claro que a eficiência energética de um power bank nunca será de 100%:

Mesmo que compremos um novo power bank e sua bateria esteja em perfeitas condições, sempre haverá uma perda de energia devido ao processo de conversão de voltagem realizado pelo circuito eletrônico do power bank para carregar um dispositivo.

Essa perda de energia será maior ou menor dependendo da qualidade do circuito eletrônico.

Exemplo 3: Cálculo da Eficiência Energética

No Exemplo 2, calculamos a capacidade real de saída de um power bank assumindo que o processo de conversão de voltagem (de 3,85 para 5V) foi ideal, ou seja, ocorreu sem perda de energia.

Consequentemente, o power bank forneceria 100% de sua energia armazenada:

(Eficiência Ideal) = Energia de Saída / Energia Armazenada = 38480 mWh / 38480 mWh = 1 x 100 = 100%

No entanto, já sabemos que, na realidade, durante o processo de conversão de voltagem, parte da energia armazenada é perdida, portanto, a eficiência será sempre inferior a 100%.

Para calcular a eficiência energética real de nosso power bank, vamos assumir que medimos a energia obtida em sua porta de saída:

(Eficiência Real) = 28875 mWh / 38500 mWh = 0,75 x 100 = 75%

Como podemos ver, o power bank conseguiu fornecer 75% (28875 mWh) da energia total armazenada em sua bateria (38500 mWh), enquanto os 25% restantes (38500 – 28875 = 9625 mWh) foram perdidos na forma de calor.

Energia Utilizável e Capacidade Real

Agora que conhecemos o conceito de eficiência energética em um power bank, estamos prontos para calcular a energia e a capacidade que ele terá em sua porta de saída USB.

Com a fórmula da Eficiência Energética como nosso ponto de partida, levamos a variável Energia Armazenada para o outro lado da equação e, assim, obtemos a energia disponível na porta de saída do power bank:

Eficiência Energética do Power Bank = Energia de Saída / Energia Armazenada

(Energia Utilizável) Energia de Saída = Eficiência x Energia Armazenada

A energia calculada com esta fórmula é a energia utilizável do power bank, ou seja, a energia que teremos disponível para recarregar nossos dispositivos.

Se analisarmos esta fórmula, o único elemento que não sabemos é a eficiência energética do power bank.

Esse valor deve ser estabelecido por nós e você pode se perguntar, qual valor devo usar?

Com base em nossa experiência, após analisar um grande número de modelos, recomendamos usar uma eficiência de 85% (0,85):

Há power banks que têm uma eficiência superior a 90, assim como aqueles que possuem eficiência inferior a 80%, mas se o nosso power bank for de qualidade suficiente, sua eficiência de descarga será em torno de 85% *.

*Observe que essa eficiência pode ser ligeiramente reduzida ao trabalhar com protocolos de carregamento rápido.

Já vimos como calcular a energia utilizável de um power bank, se quisermos saber qual é a sua capacidade real na porta de saída para uma determinada voltagem de carregamento, basta expressar a equação acima em termos de capacidade e voltagem:

Energia de Saída = Eficiência x Energia Armazenada

Capacidade de Saída (mAh) x Voltagem de Carregamento (V) = Eficiência x Capacidade da Bateria (mAh) x Voltagem Nominal da Bateria (V)

Em seguida, resolvemos nossa variável, que será a capacidade real na porta de saída e finalmente obtemos a fórmula geral:

Capacidade de Saída (mAh) = Eficiência x [Capacidade da Bateria (mAh) x Voltagem da Bateria (V)] / Voltagem de Carregamento (V)

Essa fórmula é válida para qualquer voltagem de carregamento, se, por exemplo, quisermos calcular a capacidade real na porta de saída de um power bank para uma voltagem de carregamento de 5V, aplicaríamos a seguinte fórmula:

Capacidade Real na Saída (5V) = 0.85 x [Capacidade da Bateria (mAh) x Voltagem da Bateria (V)] / 5V

Caso você indique a capacidade do power bank em termos de energia (watt-horas Wh), você pode usar a seguinte fórmula:

Capacidade Real na Saída (5V) = (0.85 x Energia Armazenada (Wh) / 5V) x 1000

Exemplo 4: Cálculo da Energia Utilizável/ de Saída e Capacidade Real

Finalmente, vamos aplicar essas fórmulas com nosso power bank:

Devemos lembrar que este modelo possui uma bateria interna de capacidade de 10000 mAh e voltagem de 3,85V, e queremos saber qual é sua energia utilizável e sua capacidade na porta de saída para uma voltagem padrão de 5V.

Vamos começar calculando a energia de saída utilizável do power bank, assumindo que ele tem uma eficiência energética de 85%:

Energia de Saída = Eficiência x Energia Armazenada = 0,85 x (10000 mAh x 3,85 V) = 32725 mWh / 1000 = 32,725 Wh

Este power bank armazena 38,5 watt-horas (Wh) de energia e é capaz de fornecer 85% dessa energia, portanto, sua energia utilizável é de 32725 mWh ou 32,725 Wh.

Se quisermos saber qual é a capacidade na porta de saída para uma voltagem de 5V:

Capacidade Real na Saída (5V) = 0,85 x (10000 mAh x 3,85V) / 5V = 32725 mWh / 5V = 6545 mAh

Como podemos ver, este power bank de 10000 mAh tem uma capacidade de 6545 mAh em sua porta de saída para uma voltagem de 5V.

Além disso, verificamos que a energia armazenada no power bank (38500 mWh) não corresponde à energia fornecida na porta de saída (32725 mWh) porque parte dela é perdida como calor:

10000 mAh x 3,85V = 38500 mWh ≠ 32725 mWh = 6545 mAh x 5V

A energia restante (38500 – 32725 = 5775 mWh) foi perdida durante o processo de conversão de voltagem (de 3,85V para 5V).

Resumindo

Nesta seção, aprendemos:

  1. Que a energia na porta de saída de um power bank é conhecida como energia utilizável e SEMPRE será menor do que a energia armazenada em sua bateria.
  2. Que a energia utilizável de um power bank dependerá da qualidade de seus componentes (condição da bateria e eficiência do circuito eletrônico).
  3. Que a eficiência energética de um power bank é a proporção entre a energia fornecida em sua porta de saída e a energia armazenada em sua bateria.
  4. Como calcular a energia utilizável (teoricamente) e a capacidade real na porta de saída de um power bank conhecendo suas especificações e assumindo uma eficiência energética de 85% quando sua bateria está completamente descarregada.

Fórmulas

  • Energia Armazenada (Wh) = [Capacidade da Bateria (mAh) x Tensão da Bateria (V)] / 1000
  • Eficiência Energética (%) = [Energia de Saída (Wh) / Energia Armazenada (Wh)] x 100
  • Energia de Saída (ou Utilizável) (Wh) = Energia Armazenada (Wh) x 0.85
  • Capacidade de Saída Real (mAh) = [Energia de Saída (Wh) / Tensão de Carregamento (V)] x 1000

Caso de Uso

Aplicamos as fórmulas com os dados do power bank usado como exemplo nesta seção, assumindo uma eficiência energética de 85%:

Dados do Power Bank Ugreen:

  • Capacidade Interna da Bateria de 10000mAh e tensão nominal de 3.85V.
  • Eficiência de Descarga de Energia de 85%.

Resultados:

  1. Energia Armazenada (Wh) = (10000mAh x 3.85V) / 1000 = 38.5 Wh
  2. Energia Utilizável (Wh) = 38.5Wh x 0.85 = 32.725 Wh
  3. Capacidade de Saída Real a 5V (mAh) = (32.725 Wh / 5V) x 1000 = 6545 mAh

Como medir a capacidade de saída real de um power bank?

Até agora, vimos algumas fórmulas que nos permitem saber qual seria a energia utilizável e a capacidade real de qualquer power bank antes de comprá-lo.

Essas fórmulas são baseadas na suposição de que um power bank genérico tem uma eficiência energética de pelo menos 85% quando totalmente descarregado.

No entanto, como veremos a seguir, a eficiência energética pode variar de um power bank para outro.

Comparação de dados reais vs. teóricos

Se já compramos um power bank e desejamos conhecer sua capacidade real, energia utilizável e eficiência energética, seria necessário descarregá-lo completamente (de 100% a 0%) conectando-o a uma porta USB de saída e a uma carga eletrônica com tensão (V) e corrente (A) constantes, além de utilizar um multímetro para medir a energia total fornecida.

Vamos descarregar nosso power bank Ugreen com uma carga eletrônica de 10W (5V/2A) e comparar os dados obtidos pelo multímetro com os resultados das fórmulas apresentadas na seção anterior:

Teste de Descarga Energia Armazenada Energia de Saída Eficiência Capacidade de Saída
10W (5V-2A) 38.5 Wh 35 Wh 90.78% 6769 mAh
Teórico (fórmulas) 38.5 Wh 32.725 Wh 85% 6545 mAh

Observamos que os dados reais e teóricos são bastante semelhantes; mesmo para este modelo específico, obtivemos resultados melhores do que os previstos pelas fórmulas.

Em resumo:

Para o cálculo teórico da energia utilizável e da capacidade real de um power bank, podemos usar outro valor de eficiência energética, por exemplo, 80% ou 90%. No entanto, consideramos que 85% é um valor médio válido para praticamente todos os power banks.

What does Rated Capacity mean?

Although it is not very common to find in the specifications of a power bank information about the actual capacity at the output port, some manufacturers are beginning to include this information.

An example of this is the PB178 model from Ugreen:

  • Rated Capacity: 6000mAh (TYP 5V-3A)

This indicates that the manufacturer guarantees that a power bank of this model, with a battery capacity of 10000 mAh (38.5 Wh), can supply at least 6000 mAh (30 Wh) through one or more USB output ports when a charge of 15W (5V/3A) is demanded.

Moreover, in this case, the 15W matches the total power that this model can supply (Total Output: 5V-3A).

Out of curiosity, we wanted to perform this same test with our power bank and confirmed that the guaranteed power (30Wh) is supplied:

Discharge Test Stored Energy Output Energy Efficiency Output Capacity
Ugreen 38.5 Wh 30 Wh 77.92% 6000 mAh
PowerBank20 38.5 Wh 33.62 Wh 87.32% 6580 mAh

As an additional note, you should know that the energy efficiency of a power bank also varies according to the type of discharge performed, i.e., the more current demanded (3A vs. 2A) the more energy will be lost as heat.

Mais exemplos do mundo real: O projeto PowerBank20 📋

Com o objetivo de recomendar os melhores power banks no mercado, um dos testes que realizamos no PowerBank20 é a análise da eficiência energética do power bank quando ele está completamente descarregado.

Na tabela a seguir, você pode ver alguns dos dados que registramos nesse teste para modelos analisados em nosso site, de marcas conhecidas no mercado:

Marca e Modelo Capacidade da Bateria (mAh) Tensão de Saída (V) Eficiência Energética (%)
Marca A – Modelo X 10000 5 89.50%
Marca B – Modelo Y 15000 9 86.20%
Marca C – Modelo Z 12000 12 88.75%

Se você está curioso sobre todos os dados de cada power bank analisado, pode visitar esta seção.

Conclusões

Antes de comprar um power bank:

  1. A energia utilizável e a capacidade real de saída podem ser estimadas conhecendo apenas suas especificações e estabelecendo uma eficiência energética teórica de 85%.
  2. Uma vez que conhecemos a energia utilizável do power bank, podemos estimar o número de recargas que ele poderia realizar em um celular.

Como calcular o número de recargas que você pode obter de um Power Bank 📱

Para calcular o número de recargas que um power bank pode fornecer a um dispositivo, precisamos saber:

Energia Utilizável do Power Bank

A energia utilizável de um power bank é a energia disponível em sua porta de saída USB para transferir para um dispositivo.

Para calculá-la, é necessário conhecer a energia armazenada na bateria do power bank e sua eficiência energética ao ser descarregado (recarregando o dispositivo) a uma determinada tensão.

Energia Utilizável do Power Bank = (Energia Armazenada x Eficiência) / 100

Lembre-se de que a eficiência energética de um power bank dependerá da qualidade do modelo e do tipo de carregamento realizado no dispositivo. No entanto, como valor de referência, recomendamos usar uma eficiência de 85%.

Energia de Recarga de um Dispositivo

A energia de recarga de um dispositivo é a energia necessária para recarregar completamente sua bateria interna (de 0% a 100%).

Para calculá-la, é necessário conhecer a energia armazenada na bateria do dispositivo, bem como sua eficiência de recarga de energia (incluindo o cabo de carregamento):

A energia armazenada em um dispositivo pode ser encontrada verificando as especificações no guia do usuário ou pesquisando online ‘mah (ou wh) + nome do dispositivo’.

Por outro lado, cada dispositivo terá sua própria eficiência de recarga de energia, com um valor entre 80 e 90%, o que logicamente dependerá de muitos fatores:

  • Qualidade e estado de conservação do circuito de carregamento.
  • Cabo de carregamento: comprimento, seção e estado de conservação.
  • Condição da própria bateria do dispositivo.

No entanto, assim como com um power bank, recomendamos o uso de 85% como um valor de referência.

Uma vez que temos esses dados, simplesmente aplicamos a seguinte fórmula para obter o número de cargas:

Número de Cargas = Energia Utilizável do Power Bank / Energia de recarga do dispositivo

Lembre-se de que esta é uma fórmula geral e funciona para qualquer dispositivo que possa ser recarregado com um power bank (celular, tablet, smartwatch…).

Por outro lado, seu resultado, logicamente, não é 100% preciso mas nos ajuda a ter uma ideia de quantas cargas aproximadas o power bank que estamos pensando em comprar pode fornecer para carregar nossos dispositivos.

Exemplo: Quantas cargas são 10000 mAh?

Aqui, estimaremos o número de cargas que teríamos em nosso celular Bq Aquaris X2 Pro, que possui uma bateria de 3100mAh, assumindo que queremos comprar o power bank de 10000mAh da Ugreen.

Posteriormente, compararemos o resultado com os dados reais obtidos das medições após a compra do power bank.

A fórmula para estimar o número de cargas no celular Bq Aquaris X2 Pro usando o power bank da Ugreen é a seguinte:

Número de cargas = Energia Utilizável do Power Bank / Energia de recarga do dispositivo

A tabela a seguir mostra as especificações de ambos os dispositivos:

Especificações Power Bank Ugreen PB178 Smartphone Bq Aquaris X2 Pro
Capacidade da Bateria 10000 mAh 3100 mAh
Voltagem da Bateria 3.85V 3.85V
Energia Armazenada 38500 mWh = 38.5 Wh 11935 mWh ~ 12 Wh

Vamos calcular a energia utilizável do power bank da Ugreen, assumindo que ele é capaz de fornecer 85% (0,85) da energia armazenada (38,5 Wh):

Energia Utilizável do Power Bank = 10000 mAh x 3,85 V x 0,85 = 32725 mWh ~ 33 Wh

Em seguida, calculamos a quantidade de energia que nosso celular precisaria para recarregar sua bateria, assumindo que o processo de recarga (cabo, conversão de voltagem, etc.) tenha uma eficiência de 85% (0,85):

Energia de recarga do dispositivo = (3100 mAh x 3,85 V) / 0,85 = 14041 mWh ~ 14 Wh

Podemos observar que a bateria do Bq Aquaris X2 Pro precisa receber aproximadamente 2000 mWh de energia extra (14000 – 12000 mWh) para recarregar completamente sua capacidade de 12 Wh.

Finalmente, calculamos o número estimado de cargas:

Número de cargas = 33 Wh / 14 Wh = 2,36 cargas

Portanto, sabemos que se comprarmos o power bank da Ugreen com capacidade de 10000 mAh, teríamos 2 cargas completas (de 0% a 100%) em nosso celular Bq Aquaris X2 Pro e, além disso, ainda teríamos energia para uma terceira carga parcial (de 0% a 36%).

Para o cálculo acima, foi utilizada uma eficiência de 85% tanto para a descarga do power bank quanto para a recarga do dispositivo.

Enquanto a eficiência energética na recarga do dispositivo pode ser verificada se você tiver o equipamento de medição necessário, não conhecemos a eficiência na descarga de um power bank antes de comprá-lo.

Por esse motivo, afirmamos que o número de cargas calculado é uma orientação, mas é válido o suficiente para qualquer pessoa interessada em comprar um power bank e que queira ter uma ideia aproximada do número de cargas que teria em seu dispositivo sem cometer o erro de dividir a capacidade do power bank pela capacidade do dispositivo:

Número de cargas = 10000 / 3100 = 3.22

No entanto, para nossos leitores mais curiosos, vamos verificar o número real de recargas que teríamos no celular após a compra do power bank Ugreen.

Validação de Dados

As tabelas a seguir mostram os resultados obtidos a partir dos testes de recarga do celular e descarga do power bank, tanto para recarga padrão (a carga usual para qualquer dispositivo com uma porta de carregamento USB) quanto para recarga rápida Quick Charge 3.0 e Power Delivery (este celular é compatível com ambos os protocolos).

Também verificamos que a eficiência média obtida em ambos os testes difere dos 85% estabelecidos nas fórmulas teóricas.

Smartphone Bq Aquaris X2 Pro

Tipo de Carregamento Cabo de Carregamento* Energia Armazenada Energia de Recarga do Dispositivo Eficiência
Padrão (5V) USB-A para USB-C 11,94 Wh 14,63 Wh 81,61%
Quick Charge 3.0 USB-A para USB-C 11,94 Wh 15,20 Wh 78,55%
Power Delivery USB-C para USB-C 11,94 Wh 14,70 Wh 81,22%
Média 11,94 Wh 14,84 Wh 80,46%*
  1. Observamos que este celular possui uma eficiência média de recarga de 80% com uma fonte de energia requerida de aproximadamente 15 Wh.
  2. O cabo de carregamento é considerado para a medição da energia de recarga do dispositivo.

Power Bank Ugreen PB178

Tipo de Descarga Porta USB Carga Eletrônica* Energia Armazenada Energia de Saída (utilizável) Eficiência
Padrão (5V) USB-A 10W 38,5 Wh 34,95 Wh 90,78%
Quick Charge 3.0 USB-A 14W 38,5 Wh 34,04 Wh 88,42%
Power Delivery USB-C 14W 38,5 Wh 34,05 Wh 88,44%
Média 38,5 Wh 34,35 Wh 89,22%*
  1. Observamos que este modelo é capaz de fornecer mais energia (90%) do que o estabelecido para o cálculo teórico (85%).
  2. Para medir a energia que um power bank pode fornecer através de sua porta USB de saída, realizamos uma descarga completa conectando uma carga eletrônica com potência constante. Levando em consideração a potência de carregamento de um celular, realizamos nossos testes com 10W e 14W para carregamento padrão e rápido, respectivamente.

Com esses dados, calculamos o número real de cargas aplicando a fórmula acima:

Tipo de Carga Energia Utilizável do Power Bank Energia de Recarga de um Dispositivo Número de Cargas
Padrão (5V) 34,95 Wh 14,63 Wh 2,39
Carga Rápida 3.0 34,04 Wh 15,20 Wh 2,24
Power Delivery 34,05 Wh 14,70 Wh 2,32
Média 34,35 Wh 14,84 Wh 2,31

1 Comentario
Inline Feedbacks
View all comments
Ana Paula

Parabéns pelo conteúdo.
Muito didático e muito fácil de entender.
Agora me sinto mais segura para realizar minha compra.
Muito obrigada